Quinta-feira, 10 de Setembro de 2009

Na hora da despedida ... ainda parece como era.

 (Fotos cedidas por Manuel Fonseca)

 

 

 

publicado por julmar às 16:15
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Sentinela a 10 de Setembro de 2009 às 23:14
De facto, aquilo que se tornou num ritual ao longo dos anos, ou seja, a despedida da banda, já não é o que era e nem poderia ser. Os traços principais desse ritual estão lá, mas num formato e dimensão algo diferentes. Como sempre, a banda percorreu as ruas da vila para a saudação aos novos mordomos e a despedida dos velhos com paragens junto às respectivas moradas, ou da família, o que como de costume foi feito com salvas de palmas. Concluído este acto, houve lugar ao habitual lanche, ofertado pelos mordomos novos, do qual participaram os elementos da banda e o povo, sem destrinça entre os da terra e os forasteiros. Terminada a merenda, a banda lá seguiu sempre a tocar rumo ao cimo do buraco, seguida pelos populares e, uma vez aqui chegados, foi colocada no respectivo estandarte, a fita oferecida pela mordomia alusiva a sua presença nas festa. Finalmente, ao som dos últimos acordes saídos dos instrumentos musicais, armou-se de forma espontânea o tradicional bailarico, o qual só terminou depois de satisfeitos vários pedidos de continuação. E então quais as diferenças em relação ao passado? Perguntarão. Pois é! É a pouca gente que acompanhou a banda (como foi pouca a que esteve presente nos outros actos festivo). Porem, a maior diferença está no reduzido número de crianças e jovens. Neste aspecto não há termo de comparação, com as festas de há 20, 30 ou 40 anos atrás. No entanto, manda a verdade que se diga, que embora poucos (miúdos e graúdos), a alegria, o entusiasmo, a boa disposição e um certo clima de entreajuda, reinaram e jorraram a rodos durante toda a festa.


De O DO BOMBO a 11 de Setembro de 2009 às 14:25
Para alem da falta de gente, existem outras pequenas grandes diferenças, tal como o farnel que as famílias onde os músicos pernoitavam ofereciam aos músicos. E também aquela dúzia de foguetes oferecida à banda para serem deitados à sua chegada anunciado o seu regresso após ausência de três dias. Isto para não falar da camioneta que os transportava, agora substituída por três carrinhas.


De O Desterrado a 12 de Setembro de 2009 às 09:15
Alvíssaras a quem aqui divulgar a mordomia para a próxima festa (elementos masculinos e femininos). Penso que uma das finalidades do blog (para mim importantíssima), também deve ser essa, em atenção, sobretudo, aos ausentes. Antecipadamente, os meus agradecimentos.
O Desterrado.


Comentar post

.Memórias de Vilar Maior, minha terra minha gente

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Requiescat in pace, Maria...

. Armário Judaico no Baraça...

. Citânia de Oppidanea

. Gente da minha terra

. Viagens ao pé da porta - ...

. Eleições à porta

. Requiescat in pace, Álvar...

. Contradições - O Riba-Côa...

. Ano 2051 - Senhora do Cas...

. Porque andas tu mal comig...

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.links

.participar

. participe, leia, divulgue, opine

.

blogs SAPO

.subscrever feeds