Segunda-feira, 5 de Outubro de 2009

A graça que não tem

 

Diz uma quadra antiga:

                                      Ó Vilar Maior,ó Vila

                                       Duas coisas te dão graça

                                       É o relógio na torre.

                                       E o Pelourunhona praça

A requalificação que se pretendia do Largo do Pelourinho deixa (deixou) muito a desejar. Quanto aos projectores que o haveriam de iluminar ficámos pelos buracos de instalação dos mesmos; quanto ao jardim o que pensei tratar-se de uma rede provisória para o proteger nos primeiros tempos, parece tornar-se definitiva (Ainda se fosse uma vedação em condições).

E se a parte pública assim é, quanto ao envolvimento dos particulares está à vista. Claro que não é falta de dinheiro, é mesmo falta elementar de gosto. E o gosto não se arranja do pé para a mão.

publicado por julmar às 09:23
link do post | comentar | favorito
|
13 comentários:
De moreno a 5 de Outubro de 2009 às 11:28
Pois aqui está um modelo em que serviu de resguardo ao terraço existente , hoje parece bem desactualizado além de poluição visual . Parede interior ? falta de dialogo?
Aqui está á vista que o dinheiro nem sempre traz ideias ou motivação de fazer melhor.
Mais uma vez apoio é preciso (apoio ao dialogo e á visão claro) .Já agora já é tempo dos caixotes de lixo estarem protegidos com "vedações em pedra" sugiro.


De PE DESCALÇO a 12 de Outubro de 2009 às 23:25
Serà que o dono da »MESON»nâoten àgua en casa?
È que ainda manten o tanque de de outros t«empos
en çima da bela »PLACA«
Bonito POSTAL DE BOAS DE BOAS VINDAS
boas noites TANHO DITO


De Tiz a 7 de Outubro de 2009 às 03:07
é impressão minha ou o poste da luz ficou torto? Ou será que a parede esta direita ? E a placa do nome da rua foi colocada num estaca para não danificar a parece de blocos ? (...)


De Tília a 10 de Outubro de 2009 às 11:42
Escusam de dizer se não será o caso de estares com os copos - na vedade quem parece estar com eles é o poste que já não se endireita (não o puseram direito ou o fio do prumo não cumpriu a sua missão!!!!!ou seria o caso de quem o ali "prantou" é que já não exergava devidamente?!!.)


De Golpe de Vista a 10 de Outubro de 2009 às 15:27
Nada disso. Trata-se apenas de um erro de paralaxe.


De Tiz a 10 de Outubro de 2009 às 18:33
mesmos mal que não bebo, ...


De Tília a 12 de Outubro de 2009 às 17:38
Isso é que a gente não sabe....elas costumam fazê-lo ás escondidas!!!!e depois armam-se em verdadeiras abstémicas...


De Tiz a 12 de Outubro de 2009 às 19:40
pois se não sabes já te estou a dizer que não bebo...e alem do mais não é da tua conta se bebo ou não ...sua espertinha !!! Também não tinha problema nenhum em admitir !!!


De moreno a 7 de Outubro de 2009 às 11:30
A placa zona histórica para quê nesse local ? se toda a aldeia é histórica (podia simplesmente , castelo , ponte , etc...) visto que está em plena zona histórica cerca de vinte metros do pelourinho


De O ilustrado a 7 de Outubro de 2009 às 15:08
Porque o bom gosto não é uma graça mas uma conquista e nem todos, têm acesso a ele, infelizmente, a câmara que deve ter arquitectos e outros técnicos e fiscais deveria intervir mas não o faz. Abandona tudo ao acaso e dá nisto.
As pessoas fazem aquilo que acham e que lhes convém. A Câmara tem de fazer o que deve ... para isso lhes pagamos.


De O ALDIÃO a 7 de Outubro de 2009 às 17:13
A Câmara tem arquitectos , fiscais e outros , VILAR MAIOR , tem adegas , vinho , presunto e muito mais.
Quem tem mais força ?


De Manuel Maria a 8 de Outubro de 2009 às 08:32
Essa é básica...
Toda a gente sabe que vinho e presunto amolece a vontade de qualquer fical mais diligente!


De RPT a 12 de Outubro de 2009 às 19:02
Por acaso
esta aqui uma foto que vou mandar encaixilhar e colocar na minha casa . Fotos destas normalmente tem Premio ja que mais não seja os meus parabéns ao fotografo .
Esta e a placa de Bem-vindos Aldeia Histórica De Vilar Maior ".
Que Espectáculo :
O Poste e a placa de sinalização foram instalados depois de almoço , e o instalador já tinha bebido 5 litros e meia dúzia de bagacos,por isso ficaram a condizer com o resto ,mas ninguém deu por isso (pormenores pequenos sem valor )
A tampa do contador da agua abalroada como estão quase todas as outras em Vilar Maior
A parede de Blocos só devia de ter sido construída para bloquear alguma janelita que Havia na casa da D. Graça , e como sobraram meia dúzia de blocos assentaram-os a servir de resguarda da Varanda .
O pio ninguém lhe toque que passou a monumento Nacional .( Câmara e Junta de freguesia Não pode tocar monumentos Nacionais, e que pena não terem considerado o chafariz monumento nacional antes de ser mudado )
O Caixote do Lixo ,Faz parte da decoração da Nova Praca,em simetria com o outro ao cimo da praça .So tem que mudar o contentor das garrafas que esta ao cimo da praça e coloca-lo no centro do espaço entre os dois caixotes do lixo, mais ou menos ao meio da praça
Quanto ao "VOTA " Escrito na parede de blocos por cima do pio ,e para alertar os poucos utilizadores do pio do dever de cidadão e que não desistam ,melhores dias Virão
Assim Seja


Comentar post

.Memórias de Vilar Maior, minha terra minha gente

.pesquisar

 

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. Lendas de Portugal

. Requiescat in Pace, Ana D...

. Requiescat in pace, Maria...

. Armário Judaico no Baraça...

. Citânia de Oppidanea

. Gente da minha terra

. Viagens ao pé da porta - ...

. Eleições à porta

. Requiescat in pace, Álvar...

. Contradições - O Riba-Côa...

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.links

.participar

. participe, leia, divulgue, opine

.

blogs SAPO

.subscrever feeds