Domingo, 20 de Dezembro de 2009

Vilar Maior ... ali tão perto

 Duas horas de viagem! Já lá vai o tempo em que nestes dias de Inverno se demorava um dia. Planeava-se onde almoçar ou levava-se a lancheira. Por duas vezes me lembro de ter dormido numa estalagem em Mangualde pois a chuva, o nevoeiro venceram-me.

Por lá, um domingo de sol aberto, sem vento e uma geada que pintou os campos de branco. A ribeira com pequenos charcos de água cobertos de grosso gelo sobre o qual me aventurei sem acidentes.

Na torre de onde a foto foi tirada, o Chico acompanhou-me com o toque dos sinos para a missa de domingo.

- Ó Chico quando deixares de tocar os sinos, a Vila acaba.

O Chico puxa do apito e, estridente assinala um golo. Um golo sofrido.

publicado por julmar às 22:22
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Vila a 21 de Dezembro de 2009 às 00:42
Daria para escrever um livro aquilo que passei e outros como eu, para fazer a travessia da zona de Aveiro até V. Formoso. Suscintamente, deixava-se a E.N . nº 1 e seguia-se direito a V.de Cambra. Daí duas escolhas: ir pela estrada da serra que, passando por Santa Cruz da Trapa desembocava em S. Pedro do Sul ou se ia por Sever do Vouga, Oliveira de Frades, Vouzela e S. Pedro do Sul. Sítios havia em que para passar um pequeno camião pelo carro se tornava necessário recorrer a manobras. ChegandoS a Viseu a sensação que se tinha é que estávamos quase em casa. Até a li era o martírio da curva apertada seguida de contracurva numa sequência que parecia não ter fim. Ainda havia a alternativa de ir até Águeda, passar as faldas do Caramulo e ir ter a Carregal do Sal. Mas destes três caminhos, viesse o diabo e escolhesse o melhor.
Mais tarde começaram a existir a espaços pequenos troços do IP5 e aberto que foi na totalidade, abria-se um céu para quem estava por demais zangado com tais caminhos.
Sim hoje são duas horas caso não se queira parar a meio da viagem e rumar até à Magarenha ou Caçador (este já o conhecia e devo conhecê-lo há cerca de 40 anos). Além do mais, a segurança com que faz tal viagem!!!.
Peço desculpa pela descrição que quis resumir o mais possível, mas são coisas que marcaram durante anos quantos precisaram de percorrer tais vias de acesso até ao nosso "ninho".


De Pirilampo a 21 de Dezembro de 2009 às 10:55
É uma vista bonita esta, ainda que com cara de inverno dada a nudez das árvores, ainda que esse estado lhe empreste a beleza real do tempo.
Para quem não conhecesse o sítio e não fossem alguns adereços fora de contexto e dir-se-ia que a foto teria eventualmente sido tirada de um helicóptero que sobrevoava a vila. Falando da nossa torre e falando dos sinos dela, fosse eu uma pessoa rica (rica pessoa já sei que sou...gaba-te cesto...) e ofereceria um sino grande para substituir o toque de cana rachada que o maior tem. Já parece uma doença crónica de tantos anos que passaram com esse estado de timbre. Os mais velhos sabem bem que não foi doença congénita porque durante muitos anos o ouviram com "voz" normal. Até nisso se nota a decadência de uma terra.


Comentar post

.Memórias de Vilar Maior, minha terra minha gente

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Requiescat in pace, Maria...

. Armário Judaico no Baraça...

. Citânia de Oppidanea

. Gente da minha terra

. Viagens ao pé da porta - ...

. Eleições à porta

. Requiescat in pace, Álvar...

. Contradições - O Riba-Côa...

. Ano 2051 - Senhora do Cas...

. Porque andas tu mal comig...

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.links

.participar

. participe, leia, divulgue, opine

.

blogs SAPO

.subscrever feeds