Sábado, 6 de Novembro de 2010

É Tempo de fazer marmelada

Se alguma árvore se dá bem por aqui, é o marmeleiro: Desde as encostas do castelo, às margens do rio, aos terrenos da vinhas e nabais. Hoje na maior parte dos casos procura sobrviver na luta contra silvas, giestas e outras infestantes. Gosta do bom trato mas sobrevive bem na adversidade. Este ano, especialmente copioso em frutas, os marmeleiros estão derreados.
Mas é, então, altura para fazer marmelada. É fácil. Mais coisa, menos coisa:
Descasque três quilos de marmelos. Retirelhe o caroço. Coza-os ( use pouca água). escorra-os. Esmague-os ou utilize a varinha mágica. Numa panela ao lume coloque o açúcar (no mesmo peso que os marmelos, se preferir um pouco menos) derretendo-o com duas ou três colheres de água da cozedura do marmelo, misturelhe a massa e deixe ferver durante cerca de 12 minutos. Não se esqueça de ir mexendo. Depois coloca em vasilhame, de preferência em malgas antigas.
Se for ao google encontrará ideias enriquecedoras. Poderá usar casca ou sumo de limão e há quem não prescinda da vagem de canela.
Amanhã para sobremesa irei experimentar o marmelo assado, conforme ideia retirada de um site

3 grandes marmelos maduros
3 colheres de sopa de açúcar
1 colher de café de canela
200 ml de vinho do Porto tinto (1 copo cheio)

Preparação:

Corte a base de cada marmelo para se aguentarem em pé e furei-os com o saca-caroço, apenas até ao caroço, onde o marmelo tem uma cavidade oca. Use a forma de bolo inglês (a rectangular, estreita e alta) e disponha os 3 marmelos grandes. Misture o açúcar e a canela e despeje parte na cavidade dos marmelos e parte na forma. Idem para todo o vinho.

Leve ao forno por quase 1 hora. O vinho ficou com consistência de xarope. Sirva em taças individuais. Se quiser mais rápido use o micro-ondas

 

Votos de um domingo feliz. Com marmelos e marmelada é receita infalível.

 

publicado por julmar às 14:35
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De Índia a 6 de Novembro de 2010 às 22:15
"Mudam-se os tempos mudam-se as vontades": quem tenha já umas dezenas de anos, certamente recordará que antigamente nem outra fruta, nem no caso presente falando de marmelos, nada se perdia. Ou se consumia em casa ou era vendido. Quem não se lembra de até à Vila chegarem camionetas de carga que saiam repletas de sacas de marmelos. Num ano como o presente, dá pena ver tantos e tantos marmeleiros que não podem com a "carga" e não há ninguém interessado na sua recolha. Pessoas há que ainda vão aproveitando alguns para dar aos "marranos". Aos burros dão-se maçãs, fruta esta que eles acham doce e mais suculenta. Creio mesmo que já não se "faz marmelada" como antigamente (passe a brincadeira).
Longe vai o tempo em que as donas de casa, guardavam a marmelada em malgas que para além do consumo caseiro, era guardada para quando a casa tinha visitas e era uma maneira de estas saborearem uma fatia de marmelada que acompanhava o saboroso pão de centeio. Vezes havia em que a garotada levantava o conteúdo da malga e aos poucos ia minando a marmelada por baixo, colocando a parte de cima cuidadosamente no mesmo recipiente. Ficava a mãe em estado desesperado quando as visitas ao cortarem a marmelada, constatavam que apenas existia a superfície. Quer isto dizer que se comia "com regra" para desgosto dos mais lambareiros.


De Guloso a 7 de Novembro de 2010 às 00:22
Eu adoro marmelada. Bem vistas as coisas até gosto dos próprios marmelos mesmo ao natural. E agora é o tempo.


De Sara Fernandes a 7 de Novembro de 2010 às 00:37
Marmelada, bem boa! A minha mãe já fez a dela, se os marmelos eram da vila ou da arrifana não sei, mas que é boa é! Quem tem a oportunidade de a fazer não se acanhe, e quando o produto principal é da nossa terra melhor ainda!


De V.M. a 7 de Novembro de 2010 às 12:45
100% de acordo. Em minha casa também já se fez e com marmelos de Vilar Maior. ATÉ O SABOR É OUTRO.


De Guloso a 7 de Novembro de 2010 às 14:46
Pois para mim, a marmelada é sempre boa seja qual for a origem dos marmelos, desde que sejam bons e seja eu a fazê-la.


De Sãozinha a 7 de Novembro de 2010 às 11:51
Adoro a geleia de marmelos e o cheiro dos marmeleiros à beira das ruas bem como tê-los em casa, são melhores que qualquer perfume....
Estive agora na Vila, os marmeleiros mal podiam com o peso de tanto fruto, será que já não se faz muita marmelada....


De Júlio Marques a 8 de Novembro de 2010 às 12:38
A propósito a receita de sobremesa estava uma delícia. Não deixem de experimentar. No Micro não é a mesma coisa(não tosta) mas fica bem.


De Anónimo a 11 de Novembro de 2010 às 09:25
Ah caratel se me lá apanho...


Comentar post

.Memórias de Vilar Maior, minha terra minha gente

.pesquisar

 

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
14
15

16
17
19
20
21
22

23
24
25
26
27
29

30
31


.posts recentes

. Contradições - O Riba-Côa...

. Ano 2051 - Senhora do Cas...

. Porque andas tu mal comig...

. Sinalização

. Um sítio para pousar a ca...

. Orca, a terra do senhor F...

. Ó sino da minha aldeia

. Que se passa?

. Demografia - Nonagenários...

. Vida de cão!

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.links

.participar

. participe, leia, divulgue, opine

.

blogs SAPO

.subscrever feeds