Domingo, 26 de Agosto de 2007

Recordando o Passado

 

Por

 

 

Por azar meu não pude assistir no mês de Agosto à ceifa, malha e cozer do pão. Contento-me em olhar as fotografias. Certamente, terão cantado, entre outras:

Por cima se ceifa o pão

Por baixo fica o restolho

Menina não se enamore

Do rapaz que empisca o olho

 

publicado por julmar às 11:41
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Domingo, 12 de Agosto de 2007

Trilhos de Vilar Maior

0001z8ce

Não se trata do Calvário. É apenas o princípio ( e que promissor princípio!) de sinalizar trilhos de interesse paisagístico e histórico-arqueológico em Vilar Maior.  A sinalização nem foi o mais difícil. Limpar os trilhos de giestas, silvas, tojos, ramos de carrvalhos, bracejos e de muito, muito pasto teve muito que se lhe dissesse. Para já ficou limpo o caminho dos Craveiros com acesso ao Cemitério e (que grande trabalho!)  avereda das Escaleirinhas que parte da Costa e desce pela encosta Norte do Castelo até ao moínho do Pinguelo. Pode agora disfrutar de um magnífico passeio de onde pode observar o rio Cesarão e as fragas da Fraga.

Tudo não pela ideia ou boa vontade, mas pela força do trabalho deste grupo magnífico:

 

publicado por julmar às 21:54
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 7 de Agosto de 2007

Sinais de Renascer

                               

 A antiga casa do ti Jerónimo                                                           A Praça está irreconhecível                    

está prestes a volver restaurante.                                                    

 

                                            A avenida do Buraco a ficar com aspecto urbano

 

Há dez anos  publiquei o livro «Memórias de Vilar Maior -  Minha Terra, Minha Gente». Nele procurei pôr em escrito modos de ser, de estar, de dizer, enfim, modos de vida, sem o que irreversivelmente se perderiam para sempre.

Em 2007 temos alguns sinais de que a morte anunciada se não confirma. Muito do que Vilar Maior era morreu. Mas a lei não é mesmo essa: da morte renasce a vida. É verdade que o estado por que passa é ainda de grandes cuidados: Em primeiro lugar, porque não há renovação de gerações. Quantas pessoas nasceram nos últimos dez anos?

Quantas pessoas morreram nos últimos dez anos? Quantas pessoas regressaram nos últimos dez anos? Se fez as contas verificará que o saldo é assustador.

No entanto, há alguns sinais de esperança: Estão-se a fazer as maiores obras públicas na nossa história: O abastecimento de água a partir da barragem do rio Côa promete acabar de vez com a escassez crónica de água; o saneamento como infra-estrutura que permitirá dar um salto na questão da salubridade; a requalificação de espaços públicos de que se encontra praticamente concluído o Largo da Praça. E, sobretudo, pela primeira vez se vê alguma iniciativa empresarial privada que se encontra em curso: Turismo de Habitação em espaço rural e um edifício que promete vir a ser de restauração. Torna-se urgente dinamizar o Posto de Turismo e o Museu. Normalmente a parte física é a parte mais fácil. O mais importante e o mais difícil é a dinamização desses espaços. Tal há-de passar necessariamente por um espírito empreendorista por parte dos particulares; por parte dos poderes públicos mais do que pagar a autarcas que pouco fazem (e que ao serem pagos torna duvidoso o seu espírito de serviço público) torna-se necessário arranjar uma pessoa qualificada e devidamente paga que trate a tempo inteiro do posto de turismo, do museu e de muitos outros assuntos relevantes para a comunidade.

 

publicado por julmar às 21:01
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.Memórias de Vilar Maior, minha terra minha gente

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Requiescat in pace, Maria...

. Armário Judaico no Baraça...

. Citânia de Oppidanea

. Gente da minha terra

. Viagens ao pé da porta - ...

. Eleições à porta

. Requiescat in pace, Álvar...

. Contradições - O Riba-Côa...

. Ano 2051 - Senhora do Cas...

. Porque andas tu mal comig...

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.links

.participar

. participe, leia, divulgue, opine

.

blogs SAPO

.subscrever feeds