Sexta-feira, 27 de Junho de 2008

Cada vez somos menos ...

- Estou muito cansada!

- Então, porque está cansada?

- Acabei de vir do cemitério!

- Então, quem morreu?

- Foi a ti Elvira.

- Ti Elvira?

- Sim, a ti Elvira Proença Cerdeira. Foi hoje o funeral.

Quem se não lembra dela. Mulher do ti José, mais conhecido por meliço. Mãe do António, do Fernando, da Maria, do João, da Filomena, assim enumerados por ordem de idades. Em questões de longevidade a genética pode muito e, talvez, pela linha dos Cerdeiras, logrou ultrapassar os 93 anos. 

Aos fihos e restantes familiares, sentidas condolências. 

publicado por julmar às 21:50
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Um apelo a todos os Vilarmaiorenses

De pedro cardoso a 27 de Junho de 2008 às 11:15

Caro Professor Julio,
Peço desculpa pelo abuso de usar o seu blog, mas creio que será por uma razão inquestionável. Permita-me então que informe os nossos conterraneos, que neste momento a realização da Festa em Honra do Sr. dos Aflitos 2008 está seriamente em causa. A comissão para 2008 desistiu dessa missão.
Assim, caros vilarmaiorenses, se realmente sentimos a Nossa Terra, está na hora de nos unir-mos mais que nunca para que a Nossa Festa não desapareça. Creio que ainda estamos a tempo de fazer alguma coisa, mas todos somos poucos para cumprirmos essa tarefa.
Dia 6 de Julho vai realizar-se a segunda reunião com a população, para tentar-MOS encontrar uma solução.
SE SE PERDE ESTE ICONE DE VILAR MAIOR POSSO VOS GARANTIR QUE É O PRINCÍPIO DO FIM (TÃO ANUNCIADO) DE VILAR MAIOR E DAS NOSSAS TRADIÇÕES.
Desistir é próprio dos fracos, e dos fracos não reza a história.
publicado por julmar às 17:48
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Junho de 2008

Personagens do século XX

 Que sabe sobre este homem?

 

Tília e Tintimportintim acertaram e cheio. Trata-se do professor António Esteves Pinheiro, professor do Ensino Primário, no tempo em que isso representava um alto estatuto. Teria ao que ouço alguns dotes literários e já ouvi referências a uma monografia (não publicada) sobre Vilar Maior. Ouvi também que teria sido ele o compositor de versos e música em dada ocasião, cujos versos deficiente e defeituosamente recordo:

(...)

Pois segundo ouvi dizer

Que vão fazer uma estrada

Oxalá venha esse dia

Se não for Zum-Zum

Vai haver muita alegria

Foguetes tum-tum

Bandas na rua da vila

Concerteza até perlim-perlim

Porque a malta sem conforto

Com fartura é sempre assim

(...)

Que acontecimento seria?

Terá sido ele o autor também de outras composições sobre a vila?

 Eu, se o não soubesse não o reconheceria por esta foto, pois, lembro-me dele já reformado e de avançada idade.

De seu jornaleiro, quase criado de servir, foi o ti Faia do Carvalhal e quase sempre colega de enxada o ti António Lavajo. Mas estes, um e outro, bem que merecem um retrato singular.

Aceitam-se, desde já, lamirés para o efeito.

 

publicado por julmar às 08:56
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Domingo, 22 de Junho de 2008

Rosalía de Castro - para ouvir

http://www.youtube.com/watch?v=iuRt40t829k&feature=related

 

publicado por julmar às 22:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 20 de Junho de 2008

O nome dos nomes - FERNANDES

Para mim constituiu uma surpresa que este fosse o mais comum dos nomes. Num relance primeiro nem identificaria alguém que tivesse esse apelido. Porém, a longa distância de VALÉRIO com 43, temos FERNANDES com 112.

Porque tudo tem uma explicação também a deve haver para esta superabundância do dito patronímico! Qual a sua?

publicado por julmar às 17:42
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Junho de 2008

A família Silva

Esta casa de rés do chão e andar, com escadaria de pedra exterior a terminar no balcão é hoje pertença de Mário Cerdeira (o Mário da ti Júlia que aqui os filhos são das mães). De quem nos lembramos de a habitar é do ti Xico Bárbara e da ti Marquinha Valente. Antes foi a casa onde viveu José Silva e sua segunda mulher Margarida Pereira(ela natural  de Nave de Haver) pais de numerosa prole. A casa na fotografia ligava ou constituiu habitação única com a de Ana Silva que dá para a rua Direita. Em frente era a casa da tia desta Isabel Silva, e próxima na mesma rua havia a de Maria Isabel Silva colada ao Arco e em frente a de José Silva, ferreiro profissão que aprendeu com o avô de Nave de Haver. Coisas que se passavam acerca de 100 anos.

 

publicado por julmar às 21:37
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Junho de 2008

Todos os nomes ... aos poucos 4

31

André

 

 

 

 

 

31

35

Dias

Proença

 

 

 

 

70

36

Badana

 

 

 

 

 

36

38

Silva

 

 

 

 

 

38

43

Valério

 

 

 

 

 

43

Depois de todos os sobrenomes ou apelidos aqui expostos só falta mesmo o mais comum. Ainda está a tempo de palpitar.

publicado por julmar às 22:06
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|
Domingo, 15 de Junho de 2008

Todos os nomes ... aos poucos 3

9

Jarmela

Lourenço

Palos

Seixas

 

 

36

10

Gonçalves

Lopes

Serrano

Soares

 

 

40

11

Esteves

Marques

Quelhas

 

 

 

33

12

Barreira

Franco

Garcia

Gata

Margarido

 

60

15

Lavajo

Rasteiro

 

 

 

 

30

16

Nunes

 

 

 

 

 

16

17

Gomes

Simões

 

 

 

 

34

18

Monteiro

Jacinto

 

 

 

 

36

19

Gil

Fonseca

 

 

 

 

38

20

Afonso

Ferreira

 

 

 

 

40

21

Cruz

 

 

 

 

 

21

22

Cunha

Valente

 

 

 

 

44

23

Martins

Prata

 

 

 

 

46

24

Santos

 

 

 

 

 

24

26

Alves

Costa

 

 

 

 

52

27

Cerdeira

 

 

 

 

 

27

Cerdeira é, como se vê , o vigésimo sétimo nome mais frequente. O apelido mais frequente ainda está longe.

publicado por julmar às 21:47
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Sábado, 14 de Junho de 2008

O sítio do muro

Mais um caso de restauro bem conseguido de uma casa encostada ao Arco e ao Muro. Em tempos que já não são da nossa lembrança era proprietária da casa, então era rés-do-chão apenas, Maria Isabel Silva.

publicado por julmar às 21:31
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 13 de Junho de 2008

Todos os nomes ... aos poucos 2

2

Bexiga,

Bizarro

Borges

Chamusca

Faria

Felix

 

 

Gouveia

Janela

Morgado

Neto

Pedro

Pires

 

 

Rafael

Reis

Ribeiro

Saraiva

Simplício

Tavares

36

3

Adão

Calamote

Capelo

Castelo Branco

Guerra

Leal

 

 

Osório

Passareira

Pinheiro

 

 

 

27

4

Branco

Cardoso

Francisco

Ildefonso

Jorge

Leitão

 

 

Robalo

Vaz

António

 

 

 

36

5

Bernardo

Brigas

Luís

Marcos

Miguel

Nobre

 

 

Rego

 

 

 

 

 

35

6

Nifo

 

 

 

 

 

6

7

Alberto

Araújo

Leonardo

Poio

 

 

28

8

Almeida

Duarte

Duro

 

 

 

24

publicado por julmar às 22:38
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.Memórias de Vilar Maior, minha terra minha gente

.pesquisar

 

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. Lendas de Portugal

. Requiescat in Pace, Ana D...

. Requiescat in pace, Maria...

. Armário Judaico no Baraça...

. Citânia de Oppidanea

. Gente da minha terra

. Viagens ao pé da porta - ...

. Eleições à porta

. Requiescat in pace, Álvar...

. Contradições - O Riba-Côa...

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.links

.participar

. participe, leia, divulgue, opine

.

blogs SAPO

.subscrever feeds