Sexta-feira, 13 de Janeiro de 2012

Recordar a tragédia de 1971

                        
 
 
 
              
 
                                 Fotos cedidas por Virgílio Valente
Mais uma vez o apelo a todos, especialmente aos vilarmaiorenses, a que colaborem neste blog com textos, testemunhos, fotografias e obrigado ao Virgílio Valente pela colaboração.

 

 
publicado por julmar às 11:48
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Carlos Martins a 13 de Janeiro de 2012 às 20:02
Estas fotografias fizeram-me vir à memória a grande tragédia que assolou a nossa terra. Parece que ainda sinto o cheiro da pólvora no ar, os gritos das pessoas, a azáfama em acudir aos feridos. Foi um dos dias mais tristes da minha vida. Tenho a recordação dos pedaços dos corpos no chão e nos telhados, as pessoas a pedir lençóis para tapar/recolher os pedaços que iam sendo encontrados. Recordo-me ainda da missa do funeral, os caixões perfilados junto do altar e o sangue a correr pelo chão da Igreja. Só de pensar que por breves instantes não fiquei também lá!!! Até me arrepio. Tinha acabado de subir as escadas do balcão de casa de minha avó e entrado na cozinha quando se ouviu o forte estrondo. Então vim para o exterior e ainda tenho a imagem de uma paisagem cinzenta colorida com os pedaços de telhas. Enfim momentos que marcam uma vida.


De Carlos Maraques a 14 de Janeiro de 2012 às 18:55
Estava lá e após o rebentamento corri de imediato para o local do acidente, onde terei sido das primeiras pessoas a chegar. O que vi no percurso entre a casa dos meus pais e a Igreja da Misericórdia , bem como nos arredores desta, é algo indescritível . Ajudei a tirar um jovem debaixo dos escombros ainda com vida, o qual, não tendo resistindo aos ferimentos, veio a falecer, infelizmente, dias mais tarde no Hospital de Coimbra. Um dia muito triste que me marcou de tal forma, que ainda hoje recordo certos factos, como se tivessem acontecido ontem.


De Pepina a 16 de Janeiro de 2012 às 17:17
Era eu uma criança com 8 anos quando tudo se passou…Ainda hoje me lembra do foguete que foi lançado e eu segui com os olhos, o seu caminho até à Misericórdia. Provavelmente fui das poucas pessoas que viu o início. Estavam as mordomas e a banda a passar em frente da casa da Ti Dulce e eu no terraço em frente. Depois foram os estrondos ensurdecedores a que se seguiu o pânico, eram gritos por todo o lado e toda a gente corria de um lado para o outro à procura dos seus familiares. Coitada da Ti Dulce que tentou segurar-me, eu gritava pela minha mãe, para fugir mordi-lhe o braço…
Corri para a Rua de Cima, mas em frente a Misericórdia era um monte de pedras e pedaços de pessoas….
Fui para a casa da minha avó e!!!!, os tectos de estuque tinham caído e as janelas que davam para a Rua Debaixo tinham desaparecido….
A minha mãe com o meu irmão ao colo tirava as roupas das camas e mandava-as pelas janelas (para tapar os mortos).
O meu pai vinha ao alto de Badamalos e sentiu o estrondo, mais pedalou em direcção à Vila pensando que ia encontrar a família morta. Felizmente da família directa ninguém morreu, mas um primo dos meus avós entrou na loja das vacas para os cumprimentar e sobreviveu, o filho ficou na rua e perdeu a vida (tantas vezes o meu avó contou este episódio…).
Ainda hoje o barulho das ambulâncias (que eu nunca tinha visto antes!) me estremece e o cheiro a pólvora está presente.
Quando hoje ouço falar de acompanhamento psicológico em situações de crise me pergunto: como não fiquei com traumas? Felizmente fiz-me adulta e sem problemas, mas provavelmente diferente…
Mas a Vila não mais voltou a ser igual e as festas perderam muito brilho e encanto (pelo menos para mim).


De da cruz a 22 de Janeiro de 2012 às 19:44
so filla doma pesoa que moreio pose tere o noumero das 2 pesoas que fizero o comentera


Comentar post

.Memórias de Vilar Maior, minha terra minha gente

.pesquisar

 

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
14
15

16
17
19
20
21
22

23
24
25
26
27
29

30
31


.posts recentes

. Contradições - O Riba-Côa...

. Ano 2051 - Senhora do Cas...

. Porque andas tu mal comig...

. Sinalização

. Um sítio para pousar a ca...

. Orca, a terra do senhor F...

. Ó sino da minha aldeia

. Que se passa?

. Demografia - Nonagenários...

. Vida de cão!

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.links

.participar

. participe, leia, divulgue, opine

.

blogs SAPO

.subscrever feeds