Segunda-feira, 28 de Abril de 2008

Despesas com o Aniversário de1861

Para quem jejuava na quaresma ...

 Jantar aos clérigos e mesários                      13.860

Músicos                                                          4.320

Clérigo Presidente                                           1,200

Clérigos oficiantes a 240                                 2.640

Pregador                                                         2.400

Mesa                                                              480
publicado por julmar às 16:35
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De Ralf a 29 de Abril de 2008 às 15:11
Hallo prezado Julmar,
que pena que nos não sabemos, quem fez os calculos, quem pagou e porquê ....
Foi uma festa público ?
Ralf


De julmar a 30 de Abril de 2008 às 21:39
Ralf
Os cálculos estão feitos pelo tesoureiro da misericórdia; quem pagavam eram os irmãos (eram irmãos os que estavam inscritos na misericórdia e que em vida tinham acesso a crédito a juros bem elevados e quando morriam era-les comparticipada despesa do enterro e tinha direito a que lhe rezassem pela alma); Para os oficiantes, pregador e mesários (os que faziam parte da mesa) era um jantar do melhor que há.


De Dofaleiro a 30 de Abril de 2008 às 22:16
Daí o ditado. Comi que nem um abade.


De Jarmeleiro a 30 de Abril de 2008 às 23:15
Olha o milagre.Agora entendo a rasão de haver tantos padres nesse tempo. A paparem almoços destes e terem tulhas cheias de centeio sem precisarem de lavrar um rego de terra.


De Vilar a 29 de Abril de 2008 às 23:00
Sobre os valores acima referidos, uma grande dúvida me assalta; Serão reportados a reis, ou a escudos? A euros não são de certeza..


De "O Vila" a 29 de Abril de 2008 às 23:35
Para mim tenho quase a certeza que os valores serão em reis. No século XIX não havia escudos!!!.
Vejamos que na primeira parcela aparecem 13......se fosse escudos, nesse tempo seria uma grande fortuna!!!!!!!!!!!.


De Manuel Maria a 30 de Abril de 2008 às 10:54
Contas do tempo em que os clérigos comiam em bando, o que o povo aforrava.
Pelos vistos uma conta bem "calada". Que teriam as reverendas e proeminentes barrigas digerido para justificar tão astronomica conta para a época? Estaria na nesna já incluído o preço dos ofícios? e já agora, e o sermão? e a forragem das alimárias e,m que necessáriamente tiveram que se deslocar das freguesias vizinhas, também?
Responda o autor do "post", sabendo!



De julmar a 30 de Abril de 2008 às 21:45
A misericórdia era uma instituição rica e que, contra o espírito cristão, mais depressa servia para emprestar aos ricos(para compra de terras) do que para prestar aos pobres. Os juros que cobrava eram bem elevados. Quanto ao almoço, era almoço de abades que não tinham apenas a fama.
Positivo - as contas eram prestadas.


De Katekero a 30 de Abril de 2008 às 13:35
E será que todos pagavam bulas? E a Quem?


De julmar a 30 de Abril de 2008 às 21:47
Pois! A história das bulas. Enfim, haveriam de contribuir para a cisão da Igreja no tempo de Lutero.


De Katekero a 30 de Abril de 2008 às 22:49
E para a sua excomunhão pelo Papa Leão X, em 3 de Janeiro de 1525, através da bula "Decet Romanum Pontificem".


De "O Vila" a 1 de Maio de 2008 às 12:07
O que nós sabemos, o que nós recordamos (muitas coisas vão-se quedando no olvido) e o que também nós aprendemos!!!!!!!!!!!.
Um dos aspectos positivos deste blog!!.


Comentar post

.Memórias de Vilar Maior, minha terra minha gente

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Requiescat in pace, Álvar...

. Contradições - O Riba-Côa...

. Ano 2051 - Senhora do Cas...

. Porque andas tu mal comig...

. Sinalização

. Um sítio para pousar a ca...

. Orca, a terra do senhor F...

. Ó sino da minha aldeia

. Que se passa?

. Demografia - Nonagenários...

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.links

.participar

. participe, leia, divulgue, opine

.

blogs SAPO

.subscrever feeds