Sábado, 18 de Outubro de 2008

Conhece?

Pertence a uma freguesia do extinto concelho de Vilar maior

publicado por julmar às 21:57
link do post | comentar | favorito
|
13 comentários:
De forreta a 18 de Outubro de 2008 às 22:20
Malhada Sorda?


De O Cota a 18 de Outubro de 2008 às 23:10
Estou espantado como é que, sobretudo a pedra menor (um relógio de sol?), ali permanece há tantos anos. Ai se fosse em terras bem próximas...!!!


De forreta a 19 de Outubro de 2008 às 00:21
E já agora, sabe onde está este? http://forreta.blogs.sapo.pt/49783.html


De O Cota a 19 de Outubro de 2008 às 01:11
Onde ele não está, eu tenho a certeza. Mas tenho ideia que já o vi algures. Talvez na parte velha de Vilar Formoso. É um belo exemplar e muito bem conservado.


De agent provocateur a 19 de Outubro de 2008 às 20:45
Vilar formoso pertencia ao concelho de castelo bom, antes pertenceu a castelo mendo


De O Cota a 19 de Outubro de 2008 às 22:29
Caro Dr. Leal. Eu sei que Vilar Formoso nunca pertenceu ao concelho de Vilar Maior. Por certo não terá percebido que eu respondia ao comentário imediatamente anterior, de forreta, que convidava a entrar no site que ali consta. Um lapso compreensível.


De João que Ri a 19 de Outubro de 2008 às 18:40
Para ser uma freguesia do extinto concelho de Vilar Maiorpalpita-me que seja Nave de Haver ou Malhada Sorda.
Não me parece que o referido relógio tenha sido concebido para colocar numa casa tão modesta. A janela parece não condizer com o resto, sobretudo a pedra trabalhada da touceira (É este o termo técnico?) em que as telhas do beiral assentam directamente nela.
Senhor Cota, as coisas nem sempre são o que parecem! Para mim, ela veio de outro lugar.


De O Cota a 19 de Outubro de 2008 às 23:25
Admito poder estar enganado quanto ao local. Para mim, dava como certo, tê-lo visto há sete ou oito anos na Malhada. Até podia ter vindo de outro lugar antes da data em que o vi. Em abono da tese pela qual podemos concluir não ser na Malhada, temos o facto da pedra da casa da foto ser irregular e relativamente miúda, quando é sabido que o granito aplicado nas casas da Malhada é do mais desempenado que existe na região e as ombreiras das portas são normalmente de peças inteiriças, ao contrário das desta construção . Satisfazendo a curiosidade de João que Ri, a pedra a que chama touceira designa-se de padieira ou verga. E já agora, para que o portado fique completo, temos os umbrais ou ombreiras (assim designados quer em português quer em espanhol), onde assentam o batente e a porta e, por último, a soleira ou peal na parte inferior .


De Vilar Maior a 19 de Outubro de 2008 às 22:58
Não será por ventura no Escrabalhado?
É uma forte hipótese.


De Katekero a 20 de Outubro de 2008 às 17:29
Pois a mim palpita-me que seja mais para sul. Julgo tê-lo visto (ou algum muito parecido) há dois ou três anos, não sei se no Seixo do Côa, se em Vale Longo.


De Manuel Maria a 21 de Outubro de 2008 às 14:27
O melhor é não desvendar o mistério, não vá levar sumiço o relógio!


De Jarmeleiro a 22 de Outubro de 2008 às 01:20
Afinal de contas tanta conversça mas parece que ninguem sabe o poiso do relójo. Eu que até já tinha falado cua minha patroa que se não fosse longe inda haviamos de ir a vê-lo. Espero que quem saiba dele dê um lamiré.


De forreta a 22 de Outubro de 2008 às 21:23
Amigo Jarmeleiro:
E que tal ir visitar a aldeia do Paraizal?
Para saber algo mais sobre a aldeia ver o blog http://paraizal.blogspot.com/
J.F.


Comentar post

.Memórias de Vilar Maior, minha terra minha gente

.pesquisar

 

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. Lendas de Portugal

. Requiescat in Pace, Ana D...

. Requiescat in pace, Maria...

. Armário Judaico no Baraça...

. Citânia de Oppidanea

. Gente da minha terra

. Viagens ao pé da porta - ...

. Eleições à porta

. Requiescat in pace, Álvar...

. Contradições - O Riba-Côa...

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.links

.participar

. participe, leia, divulgue, opine

.

blogs SAPO

.subscrever feeds