Quinta-feira, 5 de Março de 2009

Cheias de 1909

A propósito da casa da Maria da Cruz, alguns comentaristas lembraram a transmissão que os mais velhos fizeram do que aconteceu aqui em Viar Maior. A tragédia na Ribeira de Vila Nova de Gaia e do Porto somou todas as pequenas tragédias das centenas de cesarões que desaguando nos afluentes do Douro vieram ter ao mar. Dessas tragédias tenho em memória as que me contou o saudoso César Seixas que à grandeza das cheias acrescentava a grandeza da sua imaginação. Na sua voz nem  a sorte (ou previdência) de Noé semelhava à do capitão de um barco inglês que com sorte tanta, foi da alfândega rio fora, entrando intacto no mar, onde gente e bens passada tamanha borrasca ficaram sãos e salvos. Nem sempre Deus está distraído!

publicado por julmar às 22:09
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De "O Vila" a 5 de Março de 2009 às 23:37
E diz quem sabe que o grande responsável pelas cheias no Porto/Gaia, era nem mais que o rio Côa. Sendo um rio de montanha tem a característica de no verão quase secar, enquanto que no inverno, galgando em direcção ao Douro com uma corrente desmesurada engrossava aquele que na ausência das novas barragens "afogava" as zonas ribeirinhas daquelas duas cidades. Conhecemos por demais essa característica sabendo o que acontece com o "nosso" Cesarão . Mas, por falar em barragens, ocorre-me perguntar se terá sido bom ou mau interromper as obras que decorriam na construção da barragem de Foz Côa e que eu cheguei a observar in loco"; para mim, que gosto tanto da preservação de coisas do passado, creio que foi uma "valente" asneira não prosseguir tal projecto; as gravuras continuariam lá, protegidas de maneira talvez mais eficaz e hoje teríamos uma mais valia para as energias renováveis que tanto procuramos. Se querem proteger coisas do passado, têm uma infinidade de monumentos que bem precisavam com a máxima urgência de quem deles tratasse, a começar por aqueles que nos dizem directamente respeito, como habitantes de Vilar Maior.
Duvido que o aproveitamento turístico por que se optou em detrimento daquela obra, traga os dividendos que se esperariam.


De Manuel Maria a 6 de Março de 2009 às 14:03
Mais pragmático foi Salazar: Afundou as gravuras na baragem do Fratel. Hoje estão bem conservadas no fundo do rio e quem as quiser ver, é só mergulhar!


De Anónimo a 6 de Março de 2009 às 17:54
Por trás do movimento "as gravuras não sabem nadar" estava o lobby da quinta da ermoira. Os papalvos do costume foram á frente.
Senhor Manuel Maria: grande foi, no seu tempo, o Homem do Vimieiro!!!


De Anónimo a 6 de Março de 2009 às 17:58
"Nem sempre Deus está distraído!"
A sério?
Fraco Deus que se distrai!


Comentar post

.Memórias de Vilar Maior, minha terra minha gente

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Requiescat in pace, Maria...

. Armário Judaico no Baraça...

. Citânia de Oppidanea

. Gente da minha terra

. Viagens ao pé da porta - ...

. Eleições à porta

. Requiescat in pace, Álvar...

. Contradições - O Riba-Côa...

. Ano 2051 - Senhora do Cas...

. Porque andas tu mal comig...

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.links

.participar

. participe, leia, divulgue, opine

.

blogs SAPO

.subscrever feeds