Sexta-feira, 17 de Janeiro de 2014

A Silva é quem mais ordena

(Parque Biológico - Vila Nova de Gaia)

As silvas Género Rubus, família das Rosáceas. O Género Rubus, sendo dos mais diversos do reino vegetal, contempla um leque muito alargado de espécies, desde as selvagens até às cultivares de frutos comestíveis que foram domesticadas e selecionadas. 

A palavra silva significava no latim selva, floresta e veio a dar origem ao sobrenome mais usado em Portugal, tendo-o exportado para o Brasil onde ocupa também o primeiro lugar. Há Silvas por todo o lado.

A silva é um arbusto invasor e, não lhe deitando mão, alastra, multiplica-se, cresce, por todo o lado lança raizes. O seu doce fruto de que as aves se alimentam leva as sementes a toda a parte. Para as cabras e ovelhas constituía um belo repasto e travavam o seu ímpeto invasor. Os agricultores limpavam-nas com as roçadoiras e bardavam as paredes com elas. Hoje crescem livremente pelos campos, ornam os caminhos de um lado e doutro até impedirem a passagem e até na povoação casas que fecharam estão cercadas de silvas. Silvas e giestas não disputam o território porque têm as suas preferências e convivem bem mas são quem mais ordena.

Até que alguém se lembre que as silvas dão um excelente fruto e que pode ser mais do que um hobby colher amoras e fazer uma compota. Há empresas que se dedicam à produção de amoras com grande rentabilidade. Com efeito, a mora constitui um fruto de excelência pelas propriedades que tem:

AMORA (Morus alba L. ou Morus Nigra): As folhas são empregadas no combate ao diabetes e às pedras nos rins. Recentemente descobriu-se ser muito útil na reposição hormonal. É também laxativa, sedativa, expectorante, refrescante, emoliente, calmante, diurética, antiinflamatória e tônica. Popularmente é indicada para problemas da pressão sanguínea, tosse, inapetência, prisão de ventre, inflamação da boca, febre, dermatoses, eczemas, erupções cutâneas. São conhecidas duas variedades alba e nigra. A segunda com frutos negros e a primeira com frutos brancos. No século XVI, na Europa, se empregavam tanto os frutos como a casca e as folhas da amora negra. O fruto para as inflamações e hemorragias, a casca para as dores de dentes e as folhas para as mordidas de cobra e também como antídoto de envenenamento por acônito. O chá de Amora é conhecido como regulador natural dos hormônios, por isso é amplamente indicado nos sintomas da menopausa. : 
É usado popularmente para combater a osteoporose e como tônico muscular nas práticas desportivas, por possuir alto teor de potássio. Depurativo do sangue, anti-séptico, vermífugo, digestivo, calmante, diurético, laxativo e refrescante.

E em terra de cesteiros lembramos que a silva era matéria prima para fabrico tapetes, cestas, etc 

publicado por julmar às 15:21
link do post | comentar | favorito
|

.Memórias de Vilar Maior, minha terra minha gente

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Citânia de Oppidanea

. Gente da minha terra

. Viagens ao pé da porta - ...

. Eleições à porta

. Requiescat in pace, Álvar...

. Contradições - O Riba-Côa...

. Ano 2051 - Senhora do Cas...

. Porque andas tu mal comig...

. Sinalização

. Um sítio para pousar a ca...

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.links

.participar

. participe, leia, divulgue, opine

.

blogs SAPO

.subscrever feeds