Sexta-feira, 4 de Novembro de 2016

A Torre da Igreja ontem e hoje. E amanhã?

vm cg.jpg

                                                                     Antes de 1958

As obras na Igreja matriz não se vão limitar à colocação de um telhado novo. Pelo andamento das obras apercebemo-nos que haverá também uma intervenção na Torre da Igreja, cuja extensão e profundidade desconhecemos. A mesma desde que foi feita nunca sofreu qualquer manutenção pelo que se foi degradando. Estamos em crer que a intervenção terá o acompanhamento de profissionais à altura e que as obras a executar melhorarão a sua estética. A torre de época medieval foi alteada (toda a parte executada em tijol e cimento) há 57 anos. A fonte documental, para além do testemunho do executante, é do boletim paroquial Terras de Riba-Côa que em 11-11-1959 noticiava:

«Iniciaram-se as obras de alteamento da Torre»

A iniciativa terá sido do padre Manuel Narciso, pároco à época da freguesia e o desenho poderá ter sido de António Palos, tenente reformado do exército, e figura proeminente na vida social e cultural da vila no terceiro quartel do século XX. O executante da obra pertence a uma escola de profissionais no trabalho dos novos materiais - o cimento e o tijolo - que vinham competir com o tradicional uso da pedra. Trata-se da família Seixas. Primeiro do Zé Seixas (1884-1948) que além de muitas obras particulares (sendo caraterísticas algumas sacadas em cimento) executou as pinturas do coro da Igreja da Vila, nomeadamente o brasão da vila que ficou oculto aquando da colocação do pára-vento da entrada, por baixo do coro. Dada a mestria do seu trabalho era muito requisitado por gentes de terras vizinhas, citando a título de exemplo a referência feita na interessante monografia sobre Valongo - Terra, Vida, Alma -, a propósito das obras no estabelecimento comercial cuja descrição arquitetónica  termina assim: «... e beiral do telhado de características sui generis (único), feito por um dos maiores mestres de sempre de toda a zona 'o Seixas de Vilar Maior'» Foi com este mestre que o filho António Seixas, aprendeu a arte e foi com ele que o senhor Reitor e o senhor Tenente (assim eram tratados) contrataram a execução da obra no valor de três contos, apenas a mão de obra. Poderá hoje parecer uma obra fácil. No entanto, considerada à época, tudo subido à força braçal, sem ajuda de máquinas, poderemos dizer: -É obra! 

E aquela pirâmide quadrangular apontando os céus e o relógio que passou a contar o tempo e a anunciá-lo badalando as horas, eram, sem o saber, o anúncio de novos tempos.

torre1.jpg

 

                    A Torre da Igreja em 2-11-2016 

Como será a torre a seguir?

publicado por julmar às 15:30
link do post | comentar | favorito
|

.Memórias de Vilar Maior, minha terra minha gente

.pesquisar

 

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
14
15

16
17
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Ano 2051 - Senhora do Cas...

. Porque andas tu mal comig...

. Sinalização

. Um sítio para pousar a ca...

. Orca, a terra do senhor F...

. Ó sino da minha aldeia

. Que se passa?

. Demografia - Nonagenários...

. Vida de cão!

. Requiescat in pace, Adria...

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.links

.participar

. participe, leia, divulgue, opine

.

blogs SAPO

.subscrever feeds