Sábado, 8 de Outubro de 2016

Elogio à couve galega

resultado Imagem couve galega Pará

Por vezes, as coisas mais comuns e vulgares são as mais preciosas. Por vê- las e senti- las a todo o instante não damos conta de quão importantes são. O exemplo melhor é o oxigénio sem o qual em breves minutos morreríamos. Vem isto a propósito da couve galega considerada menos nobre entre todas as couves. Aliás, tudo o que se designava por galego era considerado de pouca valia. Ora isto é uma extrema injustiça para esta espécie vegetal. Gostaria eu de saber como é que as gentes das Beiras, e não só, tratariam do sustento do corpo sem ela. Falo pela Vila mas penso que isso aconteceria por muitos outros locais. 

A couve galega tinha qualidades únicas: produzia folhagem,  que era a parte comestível, durante todo o ano; a planta durava vários anos, pois do caule surgiam sucessivas folhas que se iam cortando; dava-se quase em todos os solos embora tivesse a sua preferência por solos férteis, era resistente a doenças. Ou se, nenhum outro vegetal a superava. As folhas de couve era o que toda a família, por mais pobre que fosse, tinha sempre à mão. Ora, o pão e o caldo era a base da alimentação destas gentes e falar de caldo, se nada se acrescentasse à conversa, era o caldo de couves com uma base de batatas. Acrescentava-se um fio de azeite,uma pitada de sal e estava pronta a refeição. Claro que o ideal era cozer nela um naco de carne gorda de porco, ou uma morcela,  ou uma farinheira que se comeria a seguir em cima de uma fatia de pão. Mais fome se teria passado sem a couve galega. A única época em que não era aconselhada era no pico do estio, a dar crédito ao dito popular: Se queres ver o teu homem morto, dá-lhe couves em agosto.

A couve era ainda a alimentação de recurso em mais dois aliados na sobrevivência destas gentes: as pitas e o marrano. De preferência misturadas com farelo. 

Fartos de comer couves galegas nem sabiam o bem que lhes faziam.

Entre os benefícios para a saúde, destacam-se:

• Óptima fonte de betacaroteno e vitamina C.
• Boa fonte de ácido fólico.
• Contém ferro e cálcio (mais rica em cálcio que o leite)
• Contém compostos que podem ajudar a proteger contra o cancro

E, então, vai um caço de caldo? E se for mesmo um caldo à moda de antigamente? Por mim, misturava-lhe um punhado de feijão encarnado.

publicado por julmar às 10:57
link do post | comentar | favorito
|

.Memórias de Vilar Maior, minha terra minha gente

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Requiescat in pace, Maria...

. Armário Judaico no Baraça...

. Citânia de Oppidanea

. Gente da minha terra

. Viagens ao pé da porta - ...

. Eleições à porta

. Requiescat in pace, Álvar...

. Contradições - O Riba-Côa...

. Ano 2051 - Senhora do Cas...

. Porque andas tu mal comig...

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.links

.participar

. participe, leia, divulgue, opine

.

blogs SAPO

.subscrever feeds