Quarta-feira, 31 de Agosto de 2016

Por Terras do Sabugal, passo a passo - Aldeia da Dona

É, das aldeias visitadas até ao momento, mais ainda do que Vila Boa, a que em termos de arquitetura, melhor representa as aldeias agrícolas da primeira metade do século  XX. 

 Displaying Image-1.jpg

A pedra é o elemento essencial de toda a construção, sem necessidade de qualquer revestimento: material resistente, indiferente ao passar dos séculos, pode escurecer ou acinzentar-se com a superfiície coberta de líquenes mas é, quase, indestrutível.

A habitação do lavrador segue sempre o mesmo guião: uma loja por baixo ( ou duas) com a entrada protegida pelo balcão com resguardas a que dá acesso uma escada exterior. A parte do rés-do-chão é destinada à junta das vacas e à burra. Por vezes, em loja contígua guarda-se o tonel do vinho, a salgadeira, a arca do centeio e,   por vezes, ainda se arranja um espaço para o tear.  O soalho de madeira separa o gado da gente. Na entrada da loja abre-se uma porta mais pequena  para a cortelha do marrano. Por baixo das escadas, deixou- se espaço suficiente para o poleiro das galinhas. O cão arranjará um abrigo pelo curral e ao gato foi deixado um buraco na porta para sair e entrar para a vadiagem. O curral será o átrio comum a gentes e gados e lá se fará a moreia da lenha e o arrumo das alfaias agrícolas. O que aí não couber, como o carro das vacas, ficará na rua que é mais do que um sítio onde se passa.

Interessante mesmo era recuperar uma casa destas com mobiliário, alfaias agrícolas e mobiliário que preservariam a memória de uma arquitetura, de uma economia, enfim, de uma cultura beirã.

Na mesma rua ( e não só) chamou-nos a atenção o trabalho ornamental de várias janelas.

Displaying Image-2.jpg

Por fim, não encontramos outra aldeia que em que se manifestasse uma tão forte vontade de afirmar uma identidade cultural que vai desde as sinalizações de entrada no povo - Aldeia da Dona, aldeia cultural - até às obras de arte, executadas por dois conterrâneos- lembrando as atividades do tempo dos lavradores: a vaca, o arado, o coveiro, os bailadores, o tocador de concertina. Este é um património que não se deveria perder, nem adulterar.

Vale a pena visitar Aldeia da Dona

publicado por julmar às 13:23
link do post | comentar | favorito
|

.Memórias de Vilar Maior, minha terra minha gente

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Requiescat in pace, Maria...

. Armário Judaico no Baraça...

. Citânia de Oppidanea

. Gente da minha terra

. Viagens ao pé da porta - ...

. Eleições à porta

. Requiescat in pace, Álvar...

. Contradições - O Riba-Côa...

. Ano 2051 - Senhora do Cas...

. Porque andas tu mal comig...

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.links

.participar

. participe, leia, divulgue, opine

.

blogs SAPO

.subscrever feeds