Quarta-feira, 7 de Janeiro de 2015

Redescobrindo o passado

casa do museu.jpg

 Foto cedida por Carlos Gata

Este é um dos locais mais belos e mais significativos da Vila. A própria toponímia,de  que se vai perdendo memória, nos elucida sobre o lugar. Esqueçamos a rua estreita que da Praça nos traz aqui. Chegados às Portas(nome e realidade tardia), tomava-se a Rua Direita para chegar ao Arco - estas sim, portas mesmo de abrir e fechar por onde se entrava  na cidadela. O edifíco que serviu de Paços do Concelho, Escola Primária, residência paroquial, sede da Junta de Freguesia, sede da Associação Cultural e Recreativa de Vilar Maior e que agora devia exercer as funções de museu, não existia como não existia a atual escadaria que é recente. Havia, sim, um muro, uma forte muralha na qual se inseria o edifíco da cadeia, razão pela qual ao local se chama de Muro. A casa dos herdeiros de José Santo, antes do século XX era apenas rés do chão. O imponente barroco ao centro do edifício teve direito a nome próprio - o Barroco dos Martírios - vá-se lá saber porquê. Castigos aplicados aos presos? Na monografia «Vilar Maior, minha terra, minha gente», é recordado este lugar soalheiro onde se pasmava, conversava e jogava, numa quadra:

No Barroco dos Martírios

Dá-se à língua e faz-se a meia

Atrás ouvem-se os murmúrios

Dos presos na cadeia

A enriquecer o lugar, foi descoberto, recentemente, um jogo (tipo castro) que está devidamente sinalizado e protegido.

O edifício das duas salas que serviram de escola até ao de 1959, teve um acrescento por volta de 1870, ano em que a Junta mandou construir a casa do professor que ficou ligaada ao edifício já existente e com ligacão interna para o mesmo.

Porém o que me levou a publicaar esta fotografia é um motivo que só os mais velhos que eu - e os mais atentos - se darão conta. No lado esquerdo da forografia, hão-de notar um miúdo sentado numa resguarda de um balcão que tinha um alpendre. Era uma dos mais belos balcões da Vila. A insensibilidade da época levou à sua destruição e a trocá-lo por um enorme paredão. 

 

publicado por julmar às 09:58
link do post | comentar | favorito
|

.Memórias de Vilar Maior, minha terra minha gente

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Requiescat in pace, Maria...

. Armário Judaico no Baraça...

. Citânia de Oppidanea

. Gente da minha terra

. Viagens ao pé da porta - ...

. Eleições à porta

. Requiescat in pace, Álvar...

. Contradições - O Riba-Côa...

. Ano 2051 - Senhora do Cas...

. Porque andas tu mal comig...

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.links

.participar

. participe, leia, divulgue, opine

.

blogs SAPO

.subscrever feeds