Domingo, 22 de Agosto de 2010

A prodigalidade da Natureza

 

Apesar do abandono, a macieira indiferente à indiferença dos homens dá tudo o que tem para dar!

publicado por julmar às 19:36
link | comentar | favorito

Quem é quem

Parece que os nossos comentaristas estão de férias. Vá lá quem acertar tem um bom prémio!

publicado por julmar às 00:15
link | comentar | ver comentários (5) | favorito
Sexta-feira, 20 de Agosto de 2010

Perspectivas

publicado por julmar às 23:24
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Agosto de 2010

Feira na Vila

A feira, por falhas de comunicação, começou na 2ª feira, passou pela 3ª feira e culminou na 4ª feira com feirantes vendendo roupas, louças, vasilhames, sapatos e muitos outros artigos, frango assado. E este simpático reformado que produz e vende artesanato em madeira para além de alfarrábios e velharias.
publicado por julmar às 14:38
link | comentar | favorito

À Venda

Ter uma casa em Vilar Maior vale a pena! Nem que seja para passar uns dias, de vez em quando. Por vezes, não é preciso um grande investimento.

Então, aqui tem uma oportunidade por apenas 12.000 euros. Se esiver interessado pode contactar-me.

Correcção/Mais informação

O preço é 15.000 euros. A casa foi propriedade de Purificação Serrana que Beatris Duarte comprou e restaurou, fica na rua da Costa.

  

publicado por julmar às 14:26
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Agosto de 2010

PARABENS

Há quatro anos começava assim este blog:

 

«Convite

Convido todos os vilarmaiorenses a participar neste blog. Passará a ser para todos um local de encontro e de amizade de todos os poucos que residem lá e, sobretudo, de todos os que se encontram nas diversas partes do país ou espalhados pelos diversos continentes. A todos nos une a aldeia onde nascemos e de que guardamos recordações. Mandem notícias! Mandem fotografias.

Para já um abraço para todos.»

 

Quatro anos passados renovo o convite e o abraço.

Quatro anos passados foram aqui colocados 632 posts e 3539 comentários, centenas de fotografias...

Quatro anos passados foram muitos milhares de visitantes. No espaço de um ano e três meses, isso sabemos, foram cem mil visitas. Não, não! Entendeu perfeitamente: cem mil visitas!

Quatro anos passados estamos a cumprir o que no primeiro post nos propusémos

Quatro anos passados sabe bem saber que lá longe, muito longe o filho lê para a mãe uma notícia da vila.

Em quatro anos por aqui passou a notícia, a poesia, a música, o jogo, o humor tudo pedras preciosas ... mas houve sobretudo o fio da amizade que unindo-as, delas fez um cordão que eu não troco por nada. 

publicado por julmar às 17:04
link | comentar | ver comentários (1) | favorito

Festa do Emigrante

- Este ano há mais gente do que o ano passado!

Ouvi sem atender a quem disse. De facto, Vilar Maior está animado, sobretudo com muita pequenada e alguma juventude. No Sábado o Gata's Bar não tinha mãos a medir para além do bar das Festas na Praça onde havia mesas cheias de bons petiscos. Num Powerpoint e video iam desfilando paisagens, monumentos, festas, iguarias gastronómicas de fazer crescer água na boca relativas a Vilar Maior e ao Concelho do Sabugal. Um acordeonista ´com rigoroso repertório pimba animou baile pela noite dentro.

No Domingo pelas 16 horas missa cantada na capela do Sr dos Aflitos com entoação do Hino no final com acompanhamento instrumental do filho do nosso conterrâneo Carlos Martins. Na 2ª feira, feira!

Vilar Maior, a vila ainda vale a pena.

publicado por julmar às 12:59
link | comentar | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 15 de Agosto de 2010

A Malhadeira

Numa visita à desactivada fábrica de Wisky (ou o wiskey para os irlandeses), em Midletown, na Irlanda, vim descobrir esta relíquia que servia para separar o grão de cevada  - matéria indispensável no fabrico do wisky. Pelo ano de 1958/59 apareceu uma idêntica em Vilar Maior e que viria dividir os lavradores: ela fazia nalguma poucas horas o que os malhadores faziam em dois dias. O problema é que a experiência (ou falta dela) levava a que avariasse com alguma frequência com os transtornos previsíveis. Locomovida por uma junta de vacas enquanto un enorme motor era transportado noutro carro de bois. Esta novidade motorizada chegou por intermédio de Fernando Castelo Branco - o senhor Fernando, o primeiro e (talvez) último proprietário de espírito capitalista para quem o dinheiro servia para o fim que foi feito. 
publicado por julmar às 13:05
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 11 de Agosto de 2010

In memoria

                                                                                  (Fotografia de Olívia Dias)

Se a memória me não atraiçoa passam 39 anos que se deu o funesto evento. Seis vidas ceifadas. Algumas com o futuro todo para viver. A festa terminou no princípio. A fé dos homens venceu. Pedra sobre pedra reergeu a capela e voltou a celebrar a festa. É uma provação tremenda.

publicado por julmar às 19:19
link | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 9 de Agosto de 2010

Carta de um emigrante ao Senhor dos Aflitos de Vilar Maior

                                                                                                                  I

Desculpa Senhor dos Aflitos

Este ano não posso ir ver-te

Mas as saudades que sinto

E sabes bem que não minto

Me levaram a escrever-te

 

                   II

 

Festejarei a tua festa

Em casa junto dos meus

Mas o meu sangue irá gelar

Quando o relógio marcar

A hora do teu Adeus

 

                   III

 

Nessa hora de saudade

Algumas lágrimas irei verter

Lembrarei os meus queridos pais

E também todos os demais

Que já estão em teu poder

 

                   IV

 

Para o ano não vou faltar

Se Tu assim o quiseres

O teu hino hei-de cantar

E o teu andor transportar

Se boa saúde me deres

 

                   V

 

Uma vez mais me desculpa Divino Senhor

Talvez te tenha maçado

Mas falando assim contigo

E sendo Tu o doce Amigo

Fico mais aliviado

 

                   VI

 

Não te vou dizer Adeus

Já que estás sempre ao meu lado

Mas digo-te muito baixinho

E sabes com que carinho

Por tudo Senhor obrigado

 

                                                                                                             

Fernando Alves Pereira (Requinta)

publicado por julmar às 16:07
link | comentar | ver comentários (7) | favorito

.Memórias de Vilar Maior, minha terra minha gente

.pesquisar

 

.Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Feliz Páscoa - Mandar rez...

. Igreja da Senhora do Cast...

. Gente da minha terra

. Manto Branco

. Projeto "Tornar Vilar Mai...

. Quando a festa virou trag...

. A Vila e suas gentes

. Requiescat in pace, Elvir...

. Requiescat in pace, Maria...

. Tornar a Vila numa aldeia...

.arquivos

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.links

.participar

. participe, leia, divulgue, opine

blogs SAPO

.subscrever feeds